Casamentos reais

Fernanda & Rodrigo: Um casamento romântico na Locanda Della Mimosa!

Fernanda & Rodrigo

Um casamento romântico na Locanda Della Mimosa!

Studio Laura Campanella

Esse casamento não é só mais uma história de amor que eu venho contar aqui! A Fernanda e o Rodrigo são amigos muito queridos e ainda me lembro de como tudo começou! Foi muito gostoso e emocionante estar ao lado deles durante o planejamento e depois, no casamento, como madrinha! Foi uma super honra! E o casamento foi incrível: uma decoração romântica incrível, uma energia única e vou contar um pouquinho de como foi para vocês!

A história por trás do casamento

Era época de faculdade estávamos todas estagiando e preocupadas com o início de nossas carreiras, a Fefi estagiava em um escritório de médio porte no Centro e eu lembro até hoje quando ela nos contou sobre o Rodrigo. Eles se conheceram no estágio, ficaram super próximos, viraram melhores amigos e se apaixonaram! E a gente, que via de fora, já sabia que era amor, só deixamos eles descobrirem sozinhos, rs.

Studio Laura Campanella

“Nos conhecemos estagiando no mesmo escritório de advocacia, logo nos tornarmos grandes amigos, ficamos super próximos, conversávamos muito, tanto no trabalho, quanto por whatsapp. Ficamos nessa durante quase um ano, até a festa de final de ano do escritório. Eu já estava de saída de lá (tinha pedido demissão e iria começar a estagiar mais perto de casa) e o Rodrigo, no meio da festa, sentou do meu lado e disse que um amigo nosso perguntou se a gente estava ficando! Assim, do nada. Acho que ele queria ver a minha reação… e eu só ri, aí ele me deu um beijo na testa e nada aconteceu. No dia seguinte ele finalmente me chamou pra sair, sob o pretexto de pagar uma aposta que tínhamos feito tempos atrás. Fomos jantar no Manekineko, tudo rolou normal, e só quando ele estava me trazendo em casa que um papo sobre nós! E aí ele perguntou “você acha que daria certo?”. De nervoso eu comecei a gargalhar (tadinho!), mas depois de conversa vai, conversa vem a gente ficou pela primeira vez! E o resto é história.”

Já com alguns anos de namoro e fora da faculdade, nossas conversas se resumiam a altos papos no grupo de whatsapp das meninas da faculdade e aos jantares sazonais no Outback, sempre a oportunidade perfeita para colocar o papo em dia e atualizar as novidades. Mas o pedido de casamento não poderia esperar até o jantar seguinte e recebemos uma foto linda dos dois com o anel! E outra, maravilhosa, da caixinha na varanda com o pôr-do-sol de Búzios de fundo. Que felicidade foi ver que aquela história já estava passando para o seu próximo capítulo: casório!

“O pedido de casamento veio quando estávamos em Búzios, numa pousada bem legal, comemorando 4 anos de namoro. Era pra ser tudo surpresa, mas o meu pai meio que estragou tudo”

O Rodrigo, que é um gentleman, resolveu conversar com o pai da Fefi antes de pedi-la em casamento. Só que no dia que ele decidiu visitar o sogro no trabalho, ele não estava. Ele resolveu ligar, dizendo que precisava falar com ele, no entanto, não foi a melhor estratégia, rs! É que o pai da Fê é uma pessoa muito zelosa e logo ficou preocupado com o que poderia ter acontecido para o Rodrigo ir até o seu trabalho! Depois dessa ligação, a Fernanda logo recebeu uma chamada do seu pai, que contou toda a história e perguntou se estava tudo bem. Ela, sempre muito sagaz, percebeu logo que alguma coisa tinha!

Studio Laura Campanella

“Eu me fiz de doida e não falei nada pro Rodrigo, até porque não tinha certeza absoluta ainda. Só depois que ele pediu que eu contei tudo, mas nada estragou a surpresa linda, do anel, o pôr do sol, o lugar.. enfim, foi lindo!”

Os preparativos do grande dia

Quando a Fefi ficou noiva, eu já trabalhava com casamento, então foi uma delícia acompanhar os preparativos e depois viver esse dia junto com eles. E eu brinco sempre com ela que ela foi a melhor noiva que eu já conheci! Calma, plena e sensata do início ao fim do planejamento <3

Studio Laura Campanella

“Comecei pelo cerimonial. Depois do pedido, quando começamos a pensar na data para o casamento, eu não sabia por onde começar. Aí fiz uma mega pesquisa nos sites de casamento buscando indicação de cerimonial e fui separando os melhores, aqueles que eu via indicação em mais de um lugar, por exemplo, ou que eu me identificava pelo site e/ou instagram. Marquei três reuniões, fui em duas e, depois da segunda, nem tive a terceira, porque me identifiquei demais com a Manu Gonçalez. Acho que cerimonial é muito identificação, sintonia.”

E a Manu foi o anjo da guarda dos dois, do início dos preparativos até depois do grande dia! Quando perguntei para a Fefi quais as melhores contratações que ela fez para o casamento, a Manu foi um dos primeiros nomes a aparecer! Mas ela mesma disse que não poderia escolher só uma, porque todos os fornecedores do seu grande dia foram muito especiais! Por isso destacou também a decoração lindíssima da Andrea Kapps, o animadíssimo Rodrigo Setta, que agitou a pista a noite toda, e a Aragem, que cuidou de sua papelaria e da Identidade Visual.

Cada um na sua especialidade, foram os responsáveis pela festa ter sido perfeita.

“A Manu é demais! Me acompanhou em todo o período pré casamento, ela estava cmg nas crises, inseguranças, nas conquistas.. nossa, como ela “lutou” pra gente casar na Locanda, porque era meu sonho. Sempre quis um cerimonial “imparcial”, digamos assim, óbvio que eles indicam profissionais parceiros, que eles conhecem, mas ela respeitava todas as nossas decisões, sem tentar influenciar para um lado ou para o outro, mas se eu pedia um conselho, ela era sincera e dava a opinião dela, o que me ajudou muito. Além da paciência com as minhas eternas dúvidas, casei com dois vestidos! Imagina no resto? Ficava sempre em dúvida! hahahaha.”

Cerimonial é muito importante, porque te acompanha do início ao fim (literalmente, rs) e no dia ela foi impecável, nada acontecia sem que a Manu soubesse, não precisei me estressar com nada, acho que até por isso eu relaxei antes da cerimônia (acho que a maioria das noivas entra ainda tensa né), porque vi que estava tudo perfeito e “sob controle”, aí acabei me acabando de chorar de tanta emoção e felicidade!

Algumas das coisas que a Fefi mais gostou de organizar e pesquisar foram a decoração e a identidade visual, por isso não poderia ser diferente, ela escolheu com muito cuidado e carinho os fornecedores desses dois itens e o resultado está nas fotos deslumbrantes da Laura Campanella, que você vê aqui: um casamento deslumbrante. Com atenção em cada detalhe!

Studio Laura Campanella

“Para a Andréa nem tenho palavras! Sou uma pessoa muito exigente e crítica com as minhas coisas (até demais, rs) e decoração a gente só vê no dia, né? Não tem uma prévia, só o projeto, que ainda assim é muito diferente do dia. Mas ela se superou, foi mais do que eu sonhava, ficou incrível! Sei que é muito clichê falar isso, mas é a pura verdade. Parece que ela entrou na minha cabeça e fez ainda mais! E ela ainda é um amor de pessoa!!”

Talvez por terem sido itens que ela pesquisou tanto e amou tanto escolher, os fornecedores foram especialmente presentes no planejamento do casamento. A Aragem, que cuidou da identidade visual, entrou no time de fornecedores desse dia maravilhoso meio que em cima da hora, mas chegou e fez um trabalho super diferenciado. O convite ficou tão lindo, que está lá em casa, guardado com carinho. Isso sem falar no brinde das madrinhas, minha bolsa maravilhosa com um laço estampado com a identidade visual do casamento – um xodó que carrego para cima e para baixo!

“A Aragem Rio foi uma contratação meio que em cima da hora, mas elas foram sensacionais!!! Abraçaram a causa e tiveram a maior paciência e cuidado com a gente, ficou tudo lindo demais. Não tenho palavras para elas, que meninas profissionais e competentes! A Ana Paula é mais o “comercial” da empresa, quem lida com a gente direto, a Gabi é a artista, que faz os desenhos maravilhosos. É uma coisa tão autoral, foge daquela id. Visual padrão, elas são maravilhosas.”

Studio Laura Campanella

Local (que incluía o buffet), bebida boa e variada, decoração bonita e música eram as prioridades do casal. A Fefi contou que sem boa comida, boa bebida e boa música não se faz uma festa e eu concordo! E se teve alguma coisa impressionante no casamento, posso dizer como convidada, que foi a boa energia que se manteve do início ao fim da festa. E o responsável por agitar a pista foi o DJ Rodrigo Setta:

“O Setta também, já tínhamos ido num casamento que ele tocou e que foi mega animado. No nosso não foi diferente, ele arrasou! Fora que ele é demais como pessoa, super atencioso. Fomos no estúdio da Rastropop, conhecemos o Setta e o Taw, ambos uns amores, nos trataram tão bem, tão receptivos, foi identificação na hora! E depois quando fomos nesse casório que o Setta tocou, ficamos ainda mais felizes com a nossa escolha.”

E para orquestrar tudo isso, investiram em um ótimo cerimonial para conduzir todas as expectativas deles para o casamento. Além desses itens especialmente importantes, resolveram investir também em fotografia e vídeo, para ter todas as memórias registradas de tudo isso! Arrasaram nas escolhas!

Decoração e Identidade Visual

A decoração e a identidade visual foram partes importantes do casamento! Com um estilo rústico-chique, com uma pegada clássica e romântica, o ambiente refletia perfeitamente a personalidade dos noivos. A elegância leve e natural da Fefi, a alegria que ela e Rodrigo passam para todos ao redor, e o romantismo que é inerente à relação dos dois!

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

“Eu pensei muito na decoração, junto da minha mãe e a Andréa. O Rodrigo não se meteu muito nessa parte, rs. Mas deixei planta, projeto e etc, totalmente nas mãos da Andréa. Pegava casamentos dela de inspiração e mostrava o que eu tinha gostado. (…) E as duas coisas mais lindas da decoração, na minha opinião, foram os arcos da entrada e a estrutura da mesa da família, que foram ideias da Andréa executadas perfeitamente, ficou surreal.

Pedidos especiais foram dois: um que tivesse tulipa, porque tem um significado especial pra gente, só que pela época do ano talvez não fosse possível, mas conseguimos colocar na mesa da família e no meu bouquet! O outro foram porta-retratos com fotos dos casamentos da família.”

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

A decoração impecável em tons de rosa!

Studio Laura Campanella

Já a identidade visual, entrou em diversos detalhes desde o início do planejamento! O presente dos padrinhos e madrinhas (ecobags com presentinhos dentro, garrafa de champanhe, gravata e trufas de chocolate), os convites, a papelaria (menu, menu de drinks e boas-vindas para os convidados que estavam na Locanda), havaianas e almofadas foram todos estampados com a identidade visual feita pela Aragem. Uma estampa que misturava tons suaves de rosa com tulipas e um lindo desenho da fachada da Locanda Della Mimosa!

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

O vestido da noiva e o traje do noivo

Como já deu pra perceber pelos relatos, a Fefi foi uma noiva indecisa! Com o vestido de noiva, não poderia ser diferente!

Studio Laura Campanella | O primeiro vestido – usado na cerimônia – um modelo clássico da Pronovias.

Studio Laura Campanella

“Fui em vários ateliês, lojas e não me identificava com nada, na verdade, tinha pra mim que eu não era uma pessoa pra mandar fazer vestido, mas achei poucas opções de vestidos prontos. Acabei me apaixonando nos modelos da Júlia Golldenzon, principalmente, da renda dela que fugia da tradicional renda chantilly. Mas, às vésperas do casório, eu já estava desejando um vestido diferente, mais clássico, sem renda. Na verdade, eu não me via tanto de noiva nele. Aí fui em busca de outro para tirar a prova. Amei um vestido da Pronovias, simples e impactante ao mesmo tempo, resolvi alugar (era primeira locação). Depois, voltei na Júlia para a última prova e, advinha? Amei o vestido dela também (fizemos algumas alterações nele desde a última vez)”

Com dois vestidos apaixonantes, a solução era não escolher nenhum dos dois! Com as sábias palavras da Márcia, mãe da Fernanda, para ajudar.. ele decidiu usar os dois! O alugado no momento da cerimônia e o que tinha feito no ateliê, para a festa!

Studio Laura Campanella | O segundo vestido – usado na festa – do ateliê Julia Golldenzon

 (…) seguindo conselho de mamãe, usei os dois!! O da Pronovias para a cerimônia, porque tinha mais presença e era mais clássico, e depois usei o da Júlia para a festa que era super leve e descontraído.

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella | E para compor os dois looks a Fefi escolheu uma grinalda super delicada de flores da Hera! O penteado preso em coque baixo foi feito pela 55 Beauty!

Studio Laura Campanella

Já o traje do Rodrigo foi super rápido e prático: amor à primeira prova!

“Do noivo foi tão fácil que deu até raiva da noiva indecisa, hahaha. Ele foi na loja (Eduardo Guinle) com o objetivo de mandar fazer, mas experimentou um que acabou gostando e foi esse mesmo (sério, como pode???).”

O Making Of e os momentos antes do altar

Tanto a Fefi como o Rodrigo fizeram Making Of. A noiva, Fernanda, ficou com a mãe desde cedo. Ao longo do dia, o melhor amigo, Gabriel Rangel, chegou para fazer companhia. Depois de arrumados, ele e outra madrinha, Gabriela Belloni, voltaram para ficar com a noiva até a hora da cerimônia. Já o Rodrigo ficou com os irmãos e três padrinhos que estavam hospedados na pousada.

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

“Acho que o mais importante para relaxar é ficar com pessoas tranquilas que te passem calma. Nada muito agitado, nem muita confusão. A hora mais importante foi quando passamos nossos votos a limpo. Eu, Fernanda, aproveitei um momento que todo mundo tinha saído e pedi licença para as meninas da foto para ficar sozinha e o Rodrigo me contou depois que foi num canto isolado também para escrever tranquilo.”

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Os padrinhos e madrinhas, damas e pajens

Foram 13 casais de padrinhos que acompanharam os noivos no altar – eu, inclusive! Todos amigos próximos deles ou irmãos, e todos unidos por aquela emoção. Os eventos antes do casamento foram ótimos por conta disso, alguns de nós não se conheciam.. mas no dia do casamento estávamos todos juntos e nos divertindo, como se fossemos amigos de tempos, todos. Foi muito emocionante fazer parte dessa história.

Studio Laura Campanella | Os padrinhos!

Studio Laura Campanella | As madrinhas

Studio Laura Campanella

“Escolhemos nossos irmãos e amigos próximos que tiveram participação em todos os momentos das nossas vidas. Tivemos apenas um pajem, meu irmão caçula e amor das nossas vidas. Inclusive, comecei a chorar vendo ele entrar na cerimônia. Em relação à vestimenta, os padrinhos usaram terno grafite (cinza escuro) e as madrinhas tinham uma paleta que ia do nude, passando pelo rose até o lavanda. O meu irmão foi de azul igual ao noivo!”

A cerimônia e a recepção

Para a cerimônia, na verdade, houveram dois momentos! Primeiro a Fefi e o Rodrigo se casaram na igreja de Santo Agostinho, colégio em que ela estudou a vida toda. Foi um dia antes de subirem para a Serra e começarmos os preparativos para o casório e nem todos puderam estar presentes, mas foi um evento mais íntimo, para família e amigos próximos.

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

No sábado, na Locanda, houve uma celebração mais ecumênica, com um celebrante, que falou de amor. Mas o foco mesmo foram os votos dos noivos. De tão sincronizados, parecia até que tinham sido combinados! Cada um contou sua versão da história de como se conheceram e de como passaram de estagiários no mesmo escritório, a amigos e depois apaixonados. Foi lindo!

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

A Locanda foi escolhida pelo espaço, que é encantador. A Fefi tinha visto um casamento celebrado lá e ficou encantada! A arquitetura do prédio laranja que servia de fundo para a festa, do espaço para cerimônia sobre a piscina, o verde em volta, misturando o clássico com o campo, foram os elementos que deixaram ela apaixonada pela Locanda Della Mimosa.

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

“Tanto que eu não escolhi por ser em Itaipava, escolhi por ser a Locanda. Se não fosse lá, casaria no Rio mesmo. Óbvio que a ideia de passar um final de semana todo com a família e amigos era incrível, mas não amamos nenhum outro lugar tanto quanto a Locanda, então se não fosse lá, viríamos para o Rio. Ela oferecia buffet e open bar, todos os dois impecáveis, o buffet deles é maravilhoso e o open bar me surpreendeu muito positivamente. Além do serviço de hospedagem para os convidados.”

Studio Laura Campanella

Na recepção, muita música animada, comida e bebida boas. O bar de drinks surpreendeu com opções menos convencionais do que estamos acostumados a ver em outros eventos. Opções com cachaça de banana (que eu amei!), mix de frutas e gin tônica ocuparam o espaço das bebidas mais tradicionais. De tradicional, acho que o Moscow Mule era o carro chefe, mas todas as outras bebidas eram bem diferenciadas – e deliciosas!

Studio Laura Campanella

E a comida, sem comparação! As opções dos noivos foram bem balanceadas, com opções vegetarianas nos canapés, variação de sabores e pratos principais deliciosos – desses que parece que você pediu em um restaurante, de tão gostosos! Adorei experimentar a comida da Locanda, que eu já sabia que era muito elogiada e premiada. Uma das melhores opções gastronômicas da serra!

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Isso sem falar dos doces! Tanto as sobremesas da Locanda como os doces escolhidos para compor a mesa do bolo estavam divinos. Amei o Brownie da Raph’s Patisserie, que é simplesmente uma de minhas sobremesas preferidas no Gurumê. Além dos brownies, também estavam presentes os doces portugueses da Barriga de Freira, o bolo da Cristina Poncinelli (que além de delicioso estava lindo de morrer), bem-casados de doce de leite da Elvira Bona, os brigadeiros da Fabiana D’Angelo, da Da Casa e da Doces Maresses últimos foram feitos pela mãe da Fernanda, tia Marcia, que faz doces maravilhosos e caseiros (vale dar uma olhada no instagram e pedir o bolo de brigadeiro branco com Nutella!) – e os doces finos da Myrian Aguiar. Não tinha como sair de lá sem ter comido pelo menos um docinho, porque os noivos foram bem democráticos e cobriram todos os gostos possíveis com diversas opções maravilhosas!

Na pista, passamos por todos os ritmos e o DJ Rodrigo Setta fez uma playlist baseada nas indicações de músicas dos padrinhos! Ficou a cara da Fernanda e do Rodrigo e foi alegria e diversão até a última música! Inclusive, na hora em que acabou, ninguém queria ir embora.

Studio Laura Campanella

Studio Laura Campanella

Sempre pergunto o que mais marcou os noivos durante o casamento, e foi lindo ver que a Fefi elegeu exatamente a mesma coisa que me marcou. Ou seja, é isso mesmo. Não é só a impressão da noiva, é como a energia do casamento fez sentir:

Durante a cerimônia (o que mais marcou foram) nossos votos com certeza. Na festa, a animação de todos nossos amigos, não tinha mais grupo da escola, faculdade, amigos do noivo ou da noiva, todo mundo estava junto dançando e se divertindo horrores.

E claro, quando perguntei qual ela achava que tinha sido o diferencial do casamento, a resposta só podia ser uma: o amor.

‘Sem querer ser brega ou metida (haha), mas acho que foi o amor. Desde o início, na primeira reunião com a Manu eu falei “quero casar para celebrar nosso amor”. Então fizemos um casamento relativamente pequeno, para 150 pessoas, pois queríamos apenas as pessoas mais importantes das nossas vidas ali. Então todo mundo, sem exceção, se emocionou com a gente, chorou nos votos, porque se identificava com o casal, foi uma energia surreal, nunca vivi nada parecido. Organizamos tudo com amor, deu muito trabalho, mas viver aquele dia fez valer a pena qualquer estresse. A gente queria que todo mundo se sentisse amado também, e acho que todo mundo saiu com o coração mais aquecido, o que me fez a pessoa mais feliz do mundo, e o Rodrigo também, claro!’

Alguns outros detalhes interessantes!

Eventos pré-wedding:  A Fefi e o Rodrigo fizeram uma celebração para o noivado, um chá-bar e as respectivas despedidas de solteiro. Eu, como madrinha, achei ótimo que tivemos várias oportunidades para nos aproximar dos outros grupos de amigos. No dia do casamento, já nos conhecíamos e nos divertimos muito juntos!

“Valeu muito a pena, fomos curtindo cada evento como uma grande preparação para o grande dia.”

Detalhes financeiros: O budget dos noivos teve que ser aumentado ao longo do planejamento, porque não foi possível manter o valor estimado. Principalmente por conta da decoração, que era uma das prioridades de Fernanda e acabou encarecendo um pouco o orçamento total.

“O melhor foi a antecedência, com um ano de organização deu pra dividir tudo em várias parcelas, quase todos os fornecedores permitem parcelar até 15 dias antes do evento (…) Acho legal tentar economizar em bolo e doces, existem fornecedores menos famosos que são tão bons quanto. Encontrar fornecedores da região, se você não for casar no Rio, é uma boa também. Minha decoradora e vários fornecedores de decoração eram de Itaipava, o bolo e os doces finos também eram de fornecedores da Serra e amei todos. Assim como a orquestra era de lá também!”

Lua-de-mel:  O destino da Lua-de-mel foi a Itália! Que rendeu uma viagem bem balanceada: com pontos turísiticos, cultura, arte e bastante tempo para relaxar.

“Fizemos Roma, Capri, Costa Amalfitana e Toscana, encerrando em Florença. Decidimos o lugar levando em consideração a época do ano, que não era mais verão na Europa, nem frio. Queríamos descansar, não só turistar, então Capri e toda a Toscana foram demais nesse sentido. Fizemos com a agência Go Viagens, a Lívia Sá, dona da agência organizou tudo e foi demais! Ela auxiliava a gente 24h. O que outros noivos não podem perder? Se hospedar num Castelo na Toscana, foi uma experiência surreal e é lua de mel né? Valeu cada centavo!”

Dica da noiva:

“Digo isso pra todo mundo agora, é muito bom casar! Juro, seja um casamento grande, pequeno, luxuoso, simples, clássico ou boho, se tiver amor e vontade tudo fica maravilhoso. Dá trabalho, se dá, mas a recompensa é inacreditável. Acho que muitas vezes as pessoas, no processo da organização, não querem falar que é estressante com medo de parecer “errado”, sabe? Mas organizar uma festa dá trabalho mesmo, ainda mais envolvendo família. É gratificante demais, e se eu tenho um conselho que tirei de todo o processo é: nada é tão grave quanto parece naquele momento. Nós noivas aumentamos sim a dimensão dos problemas, ficamos mais sensíveis, o que é compreensível. É ansiedade, nervosismo, mas tudo passa, tudo se ajeita e tudo vale a pena!

Entrar com meus pais juntos, mesmo eles tendo se separado quando eu tinha só um aninho de idade, o avô do Rodrigo de 88 anos ficando até o final da festa e falando que eu era a noiva mais linda que ele tinha visto na vida, meu melhor amigo gay entrando de mãos dadas com o seu namorido na cerimônia, meu irmão que dava um passo e olhava pra aliança, dava outro e olhava pra aliança, pra ter certeza que não ia deixar cair, o dia lindo que fez depois de uma sexta chuvosa, a decoração que ficou além de tudo que eu sonhei (chorava toda vez que passava naqueles arcos) enfim, é uma energia que não tem explicação. É reunir amigos de infância, reunir amigos dos seus pais que te viram crescer, reunir famílias, seja de pai, mãe ou pai e mãe juntos, é reunir. Então, vale demais a pena, é mesmo o melhor dia da sua vida.”

– Fernanda

Ficha técnica:

Assessoria/Cerimonial: Manu Gonçalez | Acessórios da Noiva: Véu  – Pronovias; grinalda – Hera; sapato – Schutz; brinco  – minha mãe me deu; aliança noivado Tiffany e aliança casamento HStern | Acessórios do Noivo: Sapato – Eduardo Guinle; gravata – Salvatore Ferragamo | Bebidas: O open bar e cerveja eram oferecidos pela Locanda mesmo. As demais bebidas meu pai comprou. As bebidas foram: Espumante Chandon, Cerveja Stella Artois; Whisky Black Label; Vinho Tinto EA; Open Bar de Drinks, Caipirinhas de limão, morango, abacaxi, kiwi e lichia. | Bem casados: Elvira Bona e Raphs Patisserie (de brownie) | Bolo: Cristina Poncinelli | Bouquet: Com que flor eu vou Bouquets | Buffet: Locanda dela Mimosa | Celebrante: Pastor Edson | Convites: Aragem Rio | Decoração: Andréa Kapps | DJ: Rastropop – Rodrigo Setta | Doces: Myrian Aguiar (doces finos), Fabiana D’Angelo (brigadeiro tradicional, belga e casadinho), Da casa – doceria artesanal (brigadeiro de churros) e Doces Mar – mãe da noiva (brigadeiro de paçoca, morango e cookie) | Forminhas: Bia Gelli Forminhas | Fotografia: Laura Campanella | Gerador: da Locanda | Grinalda: Hera | Identidade visual: Aragem Rio | Iluminação: Ambiente Lahr | Lembrancinhas: Havaianas – Aragem Rio | Local da Cerimônia, da festa e da noite de núpcias: Locanda Della Mimosa | Lua de mel: Go Viagens (Itália) | Maquiagem e cabelo: Rê Marques da 55beauty | Móveis: Chiavari Eventos | Música da cerimônia: Versus Quatro | Open Bar: Locanda Della Mimosa | Roupa do Noivo: Eduardo Guinle | Sapato da Noiva: Schutz | Sapato do Noivo: Eduardo Guinle | Site dos noivos: Zankyou | Sonorização: Ambiente Lahr – DJ Mau | Vestido da Noiva: Pronovias e Julia Golldenzon | Vídeo: Graviola Filmes

 

Leave a Reply